FECHAR

Imprimir
Publicado em 03/09/2020

SINFAC-SP APRESENTA À SEMPE NÚMEROS QUE MOSTRAM RETOMADA DO SETOR

Evidenciada a cada divulgação dos índices do “Gabinete de Crise”, a gradual retomada das atividades do fomento comercial foi apresentada ontem (02/09) pelo Sindicato durante a 2ª Reunião Ordinária do Fórum Permanente das Microempresas e Empresa de Pequeno Porte.

A boa notícia foi dada pelo presidente Hamilton de Brito Junior (Credere Consultoria e Fomento Mercantil), em sua breve explanação sobre a recuperação do setor, à subsecretária de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas, Empreendedorismo e Artesanato, Antônia Tallarida.

“O nosso setor está caminhando a passos largos para a normalidade”, afirmou o dirigente ao citar os números obtidos na segunda quinzena de agosto (entre os dias 17 e 31) – 92,07% de liquidez contra 68% registrados no começo da pandemia, em março.

Hamilton citou também os demais números positivos, lembrando que atualmente as empresas do setor têm mais dinheiro saindo do que entrando no caixa. Veja aqui matéria sobre o tema.

O dirigente comentou ainda a ênfase dada pela secretária Antônia ao sistema de garantia que a SEMPE pretende implantar, cuja coordenação está a cargo de Antonio Everton Chaves, economista da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e membro do Comitê Temático de Investimento, Financiamento e Crédito do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (FPMPE).

Aproveitou também para solicitar a inclusão do SINFAC-SP nas discussões em torno desse sistema de garantia de crédito. Referiu-se em seguida ao pleito do presidente do Sindicato da Micro e Pequena Indústria (SIMPI), Joseph Couri, sobre a compensação dos prejuízos deste ano no imposto de renda 2021. Hoje, é de 30%, mas a ideia é poder aproveitar a totalidade do prejuízo que for apurado em 2020. Esse pleito já havia sido apresentado anteriormente pelo SINFAC-SP ao Fórum.

“Consideramos justa essa proposta, pois devido à pandemia, a maioria das empresas vai registrar prejuízo em 2020, e isso deveria ser compensado não limitando-se a 30%”, complementou Hamilton.

Após apresentar projetos estruturantes do órgão do Ministério da Economia, a subsecretária Antônia Tallarida reforçou que o Fórum tem o poder de transformar toda a realidade das micro e pequenas empresas.

Pronampe

Com um montante de R$ 18 bilhões em crédito, o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) também foi comentado pela secretária.

Os recursos serão transferidos para o Fundo de Garantia de Operações (FGO), destinado à concessão de garantias dos empréstimos da linha.

O estado de São Paulo, por exemplo, atendeu, na primeira rodada do Pronampe, 50,6 mil pedidos, totalizando R$ 4,8 bilhões em empréstimos concedidos. Minas Gerais atingiu R$ 2,4 bilhões emprestados para 26,1 mil negócios. A Caixa Econômica Federal é a maior repassadora, com R$ 6,79 bilhões, seguida por Banco do Brasil, com R$ 5,08 bilhões.

Fonte: Reperkut

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.