FECHAR

Imprimir
Publicado em 19/11/2019

PLANEJAR PROCESSO DE EXPANSÃO COMEÇA COM EMPREENDEDOR CONHECENDO A PRÓPRIA EMPRESA

Boa parte dos gestores ainda acha que expandir as operações baseia-se principalmente na contratação de uma multidão de vendedores. “Esta é uma confusão bastante comum feita pelas empresas”, descreveu o administrador Marcos Castañón Tibiriçá, diretor da Fundação G3.

Durante café da manhã promovido pelo SINFAC-SP, no último dia 13, em sua sede, o palestrante explicou a empresários do setor como fazer um “Planejamento para Expansão Comercial” sem cometer equívocos que prejudiquem o andamento das operações.

“Não existe, no mercado, empresa que desconsidere se expandir. Ocorre que não conseguem organizar um planejamento condizente com aquilo que necessitam naquele momento”, afirmou.

Segundo ele, nem sempre o remédio ofertado para uma empresa serve para outra, ainda que faça parte do mesmo segmento. “Este é um grande erro que se comete”, enfatizou o especialista, ao mostrar que um processo de planejamento de expansão não é algo pontual, mas sim deve continuar sendo realizado para sempre.

“As empresas costumam levar adiante projetos de expansão comercial geralmente de maneira desordenada. A ideia do treinamento é dar aos empreendedores elementos para que possam refletir sobre o tema e começar a realizar processos mais bem abalizados”, salientou Tibiriçá.

Zona de conforto

Uma das responsáveis pelo processo de fusão entre a Fusion Factoring e a Activa, a atual diretora comercial do Activa Fundo de Investimentos, Fabiane Cristina Pereira Lorenzetti, saiu bastante satisfeita do café da manhã.

No mercado há 11 anos e há dois na empresa sediada em São Caetano do Sul, a executiva ponderou que o empreendedor deve sair de sua zona de conforto e buscar novas oportunidades comerciais.

“Independentemente de parte dos comentários realizados por alguns colegas, o fomento comercial é a atividade do futuro, pois valoriza o papel humano ao tratar diretamente com os clientes, saindo da robotização que plataformas tecnológicas atualmente estão oferecendo”, enfatizou.

Conhecido no mercado como “Tickyn”, o gerente-geral da campineira Pleno, Carlos Pereira, identificou no conteúdo da palestra um importante alerta aos empreendedores, para que comecem a promover uma autoanálise dos processos que atualmente aplicam nas empresas.

“Precisamos encontrar novas metodologias para a implantação de um planejamento que faça a atividade e os profissionais evoluírem, porque é comum, em qualquer área, haver uma certa acomodação”, argumentou o executivo.

Fonte: Reperkut

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.