FECHAR

Imprimir
Publicado em 07/01/2021

Jovem usa Pix para mandar mensagens a ex-namorado pedindo para reatar relacionamento (O Globo)

Uma jovem desesperada para reatar seu namoro encontrou uma nova função para o Pix, o sistema de pagamentos instantâneos criado pelo  Banco Central que entrou em operação em 16 de novembro do ano passado.

Ela enviou mensagens por meio de pequenas transferências em dinheiro para o ex, que não podem ser bloqueadas, segundoo BC, diferentemente do WhatsApp e das redes sociais. A moça, pelo menos, conseguiu chamar a atenção. A história viralizou nas redes sociais.

Matheus Siqueira relatou no Twitter que seu primo estava recebendo mensagens de desculpas da ex-namorada. O namoro teria acabado pela descoberta de uma traição, e o rapaz a bloqueou em todas as redes sociais.

A solução encontrada por ela foi fazer transfrerências no Pix no valor de R$ 0,01 acrescidas de mensagens pedindo desculpas.

Aparentemente, as desculpas não foram aceitas, e o internauta estava procurando nas redes sociais soluções para ajudar o primo a bloquear as mensagens. No entanto, segundo o BC, não há a opção de bloqueio para pagadores específicos.

Em nota, a instituição informou que o usuário pode configurar o aplicativo da instituição que mantém a sua conta para não receber a notificação do pagamento. Mas o pagamento em si não é bloqueável.

A única previsão para bloqueio é em caso de fraude. Caso haja excedência do tempo máximo de autorização da iniciação de transação, problema de autenticação do usuário pagador ou suspeita de fraude ou infração à regulação de prevenção à lavagem de dinheiro, entre outros, a regulação do Pix permite a rejeição da transação por parte da instituição participante.

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.