FECHAR

Imprimir
Publicado em 01/07/2021

Concessões de crédito pelo Sistema Financeiro Nacional somaram R$ 391 bilhões em maio, aponta o Banco Central

O Banco Central divulgou nesta semana que, no mês de maio, a taxa de juros do crédito livre para empresas ficou em 14,6% ao ano, 0,1 ponto percentual menor que no mês anterior. O levantamento analisa as operações do Sistema Financeiro Nacional (SFN). Considerando somente as operações de crédito direcionado, com regras definidas pelo governo que envolve, inclusive, incentivos ao microcrédito, os juros foram de 7,6% ao ano, recuo de 0,8 ponto percentual no mês.

 

O total de concessão de crédito dentro do SFN chegou a R$ 391,3 bilhões em maio. Na série com ajuste sazonal, houve redução de 1,9% no mês, devido a variações de 0,9% em pessoas jurídicas e de -2,1% em pessoas físicas. No acumulado do ano, comparado ao mesmo período do ano anterior, as concessões dessazonalizadas cresceram 10,6%, compostas por expansões de 3% em pessoas jurídicas e de 18,7% em pessoas físicas, de acordo com Banco Central.

 

No segmento de fomento comercial, que não integra os dados do Sistema Financeiro Nacional, levantamento do SINFAC-SP apontou que em maio o índice de operações das factorings e securitizadoras ficou 128% acima do mesmo período do ano passado – ou seja, a tomada de crédito por empresas mais que dobrou. Para essas empresas, os dados do Banco Central podem ser usados como referência em suas estratégias. “Hoje temos pouquíssimas informações sobre o mercado de concessão de crédito fora do Sistema Financeiro Nacional, como é o caso das factorings, securitizadoras e ESCs. Por isso a importância do levantamento, inédito até então, que estamos coordenando desde o ano passado. A médio prazo, com a ampliação da participação das empresas de fomento comercial, teremos um riquíssimo banco de dados para balizar estratégias de negócios”, comenta Hamilton de Britto Jr., presidente do SINFAC-SP.

 

O Banco Centrou também divulgou que o crédito ampliado do SNF a empresas situou-se em R$ 4,3 trilhões, com redução de 0,7% no mês. Em 12 meses, a variação foi de 7,1%.

 

Inadimplência

A inadimplência entre pessoas físicas e jurídicas situou-se em 2,3% no mês de maio. Ao avaliar somente as operações com recursos livres, a inadimplência chegou a 3%, com variação 0,2 ponto percentual entre as originadas no segmento de empresas.

 

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.