SERVIÇOS: OBRIGATÓRIOS OU NÃO, DEVEM TER QUALIDADE

http://www.sinfac-sp.com.br/v2/userfiles/_642fad5bba5fd8752c70982495bc12d61338304909.jpgParticularmente, comungo da ideia que serviço é essencial, mas não preponderante, pois a nossa principal atividade é a compra de direitos creditórios, sendo os serviços os meios para garantir a segurança da adimplência de nossos créditos e a perenização da empresa cliente, pois cliente morto só tem cadastro ativo no cemitério.
 

Definir que o serviço é atividade preponderante trata-se de uma inversão de valores, fora da realidade do mercado, pois ninguém abre uma factoring sem capital, e tampouco alguém a procura para obter serviços de consultoria.

 

Segundo o dito popular, a verdade sempre está no meio, e eu sinceramente acredito que uma factoring que não prestar serviços de qualidade não sobreviverá no mercado competitivo, pois é preciso garantir a satisfação do cliente, que será fidelizado. Isto posto, responde por que o serviço não pode ser obrigatório, e sim espontâneo: os seus benefícios serão recompensas para quem o praticar.

 

A filosofia de sistema de gestão de qualidade que pratico nas minhas empresas quero agora levar para dentro do Sindicato, e, posteriormente, para todos associados.

 

Dessa forma, toda a diretoria e estrutura administrativa do SINFAC-SP estão engajadas com dois grandes projetos de Sistema de Gestão de Qualidade, que pretendemos implantar no decorrer deste ano, com certificação no início de 2013.

 

O primeiro deles é o SEGS, Sistema de Excelência em Gestão Sindical, desenvolvido pela CNC, Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e ministrado pela Fecomercio, entidade federativa a que o nosso sindicato está filiado.
 

O SEGS foi criado para as Federações levarem seus sindicatos filiados a participar com a finalidade de estruturar e gerir projetos e programas sobre gestão sindical, associativismo, produtos, serviços e representações que se reflitam em benefícios diretos ou indiretos para as empresas representadas.
 

O nosso primeiro desafio no SEGS é criar um planejamento estabelecendo a nossa missão, visão, princípios e bandeiras, com objetivos estratégicos de médio e longo prazo claramente definidos, que serão perseguidos por meio de ações práticas determinadas em projetos estratégicos, e o mais importante: criando indicadores e metas que nos permitirão a medição dos objetivos planejados e alcançados, dentro de uma cultura de melhoria contínua.

 

Ao final do ciclo em 2012, os sindicatos serão avaliados pelos critérios da Fecomércio e aqueles que obtiverem melhorias receberão a Certificação SEGS 2012. Praticamente, é a ISO 9000 de um sindicato filiado à Fecomércio.

 

Entretanto, como se ainda não bastasse o sistema de excelência de gestão sindical, o SINFAC-SP decidiu implantar o Sistema de Gestão de Qualidade ISO 9001-2008, que será certificado por uma certificadora internacional.

 

Os dois sistemas de qualidade correrão em paralelo e, na verdade, serão uníssonos, pois estarão incorporados em uma única política de qualidade, sob a supervisão de um consultor especializado independente contratado, cujos trabalhos já foram iniciados.

 

Um Sistema de Gestão de Qualidade só é possível vingar se houver o comprometimento da alta direção. Para isso convidamos o nosso conselheiro fiscal Demetrius Alberto Duailibi para capitanear esse grandioso projeto, ao qual reitero meus sinceros agradecimentos pela sua aceitação, pois será necessário disponibilizar tempo não existente para participar de workshops, treinamentos e reuniões internas sobre a sua implantação.

 

Haverá muito trabalho pela frente, mas temos certeza de que estaremos promovendo uma profissionalização do Sindicato, com resultados duradouros de longo prazo.

 

Mas mesmo no curto prazo, estamos com muitas propostas acontecendo simultaneamente, como a implantação do Núcleo Nova Geração de Factoring (clique aqui para conhecer o projeto) para o qual solicitamos a adesão de todos, pois este grupo com certeza norteará os destinos do setor de factoring no futuro.

 

Outra coisa importantíssima que acontece no momento é a negociação do dissídio coletivo da classe com os Sindicatos dos Empregados das empresas de Fomento Mercantil, com data base de julho, cujas reivindicações apresentam pautas enormes (clique aqui para ver a notícia) não compatíveis com as possibilidades financeiras das empresas de factoring por nós representadas. Muitas delas são totalmente proibitivas.

 

Normalmente a classe só toma conhecimento do dissídio homologado, mas nesta gestão divulgaremos a pauta de reivindicações antecipadamente, para que posteriormente possa se comparar com o homologado e deixar claros os resultados apurados para toda a classe, não havendo dúvidas em relação à contraprestação dos serviços na cobrança da contribuição sindical assistencial.

 

Para finalizar, estamos dando grande enfoque a parcerias comerciais que possam trazer um beneficio mensurável ao associado.

 

Temos várias em negociação que serão divulgadas oportunamente, mas neste momento gostaríamos de ressaltar o convênio celebrado com a Boa Vista Serviços, que concede um desconto de 45% ao associado, no seu produto Equifax Empresarial Completo – CNR e CR, que somente em 500 unidades normalmente consumidas por qualquer factoring em menos de um mês são o suficiente para pagar a contribuição sindical assistencial de um ano todo.
 

Apesar deste turbilhão de ações que vem acontecendo ao mesmo tempo, inclusive a emenda apresentada pelo deputado Laércio de Oliveira para a inserção de um capítulo de contrato de fomento mercantil no novo Código Comercial, os empresários de factoring poderão perceber que todas elas são coerentes entre si, com o firme propósito de representar e ter representatividade da classe.

 

Hamilton de Brito Junior

Presidente do SINFAC-SP

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.