INFORMAÇÕES CONTÁBEIS: A BÚSSOLA DO EMPRESÁRIO

As minhas andanças pelo meio empresarial, realizando trabalhos de consultoria, com vasta amplitude técnica, de cunho contábil, tributário, financeiro e gerencial, me abriram a possibilidade de analisar o atual estágio do pensamento dos empreendedores.

Minha tese inicial está assim sustentada de forma objetiva e prática: para se atingir um bom nível de informação, seja ela qual for, a empresa deve ter como resultado final o aprimoramento dos controles contábeis e gerenciais.

Este processo certamente impactará, de forma positiva e esclarecedora, as condições de fluxo de caixa, margem de lucratividade, movimentação do estoque e apuração de custos.

Ao inovar e melhorar estas ferramentas e seus controles, gera-se um modelo positivo para administrar e gerenciar uma empresa, dentro de uma conduta segura, serena e determinada.

É imprescindível, para tanto, usufruir das vantagens das regras legais, seguindo-as fielmente para evitar ilicitudes tributárias, buscando as condições mais favoráveis para obter o lucro tão esperado.

Ao contrário, balanços, balancetes, razões contábeis, demonstrações de resultados, relatórios e conciliações contábeis podem aparecer totalmente descaracterizados e inexatos, por descaso, desconhecimento, inabilidade ou mesmo desleixo por parte do profissional que o executou. E a falta de bons profissionais começa a afetar este mercado, situação muito preocupante.

Deve-se, por isso, estar sempre alerta, identificando a capacidade técnica dos profissionais de contabilidade, pois são eles que orientam o empresário em suas atividades e negócios.

Conhecer as informações contábeis e financeiras não é mais uma opção, mas uma necessidade, de tamanha importância que sem elas perdemos uma bússola imprescindível para navegar no meio empresarial, financeiro, tributário e gerencial.

Acompanhar relatórios, balanços e balancetes emitidos, periodicamente, distinguindo e identificando as distorções existentes nestas informações, é o norte principal para os empresários.

O ônus de uma má administração, que pode abrir caminho para fiscalizações tributárias, é de exclusiva responsabilidade dos sócios da empresa. A gestão nos negócios não é um capricho, mas uma grande necessidade para quem deseja expandir os negócios.

Fica o conselho: conheça os detalhes contábeis e financeiros da sua empresa, pois eles se traduzem em informações essenciais para se alcançar o sucesso.

Marco Antonio Granado é empresário contábil, contador, bacharel em direito, pós-graduado em direito tributário e consultor tributário e contábil do SINFAC-SP – Sindicato das Sociedades de Fomento Mercantil Factoring do Estado de São Paulo.

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.