INFLAÇÃO FINALMENTE RECUA

http://www.sinfac-sp.com.br/v2/userfiles/_9bbd24cbf0234a3714cbf34052b2eff61309445393.jpgDepois de acender o sinal amarelo no horizonte econômico, frente à ameaça do retorno da inflação em níveis acima dos registrados nos últimos anos, o País finalmente parece retomar o seu caminho normal.

São claros os sinais de que o mercado respira aliviado, com a tendência de queda do índice inflacionário a partir de agora.

Eis aí uma ótima notícia para as empresas, que certamente devem tirar da gaveta projetos de investimentos até aqui adiados.

Diante deste panorama, com a economia se movimentando outra vez de forma mais desenvolta, nosso setor também tende a se beneficiar, pois ainda há um volume considerável de crédito reprimido no mercado, sobretudo para as pequenas e médias empresas.

Com mais negócios sendo realizados por esses empreendimentos, em especial nos setores de serviços e comércio, as factorings têm tudo para também surfar na atual onda positiva que se apresenta.

Momento oportuno, sem dúvida, para rever algumas condutas operacionais e, principalmente, quebrar paradigmas.

As sociedades de fomento mercantil, por exemplo, ainda deixam de explorar alguns segmentos pródigos em assumir contratos e projetos de médio prazo, sendo ainda muito comum em nosso setor a perda de negócios com a perspectiva de quitação acima dos 180 dias.

Ao vislumbrar um cenário que inclui Copa do Mundo e Olimpíadas batendo à porta, seria interessante o fomento mercantil operar em períodos mais dilatados, pois não será surpresa o surgimento de transações para 12 meses ou até mesmo acima disto, de agora em diante.

Evidentemente, ainda não temos esta cultura, que pode muito bem ser vantajosa, caso trabalhada de forma planejada, inclusive com excelentes oportunidades envolvendo a aquisição de bens duráveis.  

Tudo indica, portanto, que um dos caminhos mais recomendáveis nos dias hoje para que as nossas empresas não percam mercado é o aumento no prazo dos contratos que fecham.

Esta nova rotina de captação deve modificar sensivelmente a estrutura de capital e a forma de as operações serem analisadas, requerendo ainda uma gestão de ativos mais dinâmica.

O empresário do setor precisará, por exemplo, redobrar a atenção com a chamada curva de mercado de sua carteira, a fim de analisar o comportamento no médio e longo prazo.

Com tantas possibilidades se avizinhando e os horizontes se abrindo, não tenho dúvidas de que este é o momento de uma grande virada rumo a negócios promissores, mas desde que haja a disposição de mudar, fazer as coisas de forma diferente.

Trocar ideias e experiências permanece igualmente em alta no nosso segmento, motivo pelo qual o SINFAC-SP se prepara para começar o segundo semestre realizando novos eventos, como os encontros regionais e cafés da manhã que movimentaram os primeiros seis meses do ano, tanto na capital quanto no interior.

Participe, todos temos a ganhar unindo forças!

 

Luiz Carlos Casante, presidente do SINFAC-SP

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.