DESMISTIFICANDO A CONTABILIDADE GERENCIAL (PARTE 1 )

A contabilidade teve sua origem nos primórdios da civilização, a partir da necessidade do homem de controlar o seu patrimônio, mesmo sem saber calcular ou escrever.

Esta foi uma das razões que fortaleceram sua aplicação inicial, mesmo de forma muito precária, tendo como base a apuração de estoques ou reservas, originados da caça, de colheitas, enfim, de qualquer produto obtido com a atividade de seu trabalho.

Com o aumento da riqueza do homem primitivo e a variedade de suas atuações, foram aprimorados os critérios de registro dos bens, nascendo rudemente desta forma os primeiros registros de escrituração contábil, quantificando a riqueza patrimonial do indivíduo e de sua família.

O constante desenvolvimento da contabilidade desde sua origem até os tempos atuais criou várias ramificações e especialidades, entre as quais auditoria e perícia contábil, contabilidade de custos, rural, gerencial e financeira, sendo todas importantíssimas e imprescindíveis na administração e no controle para as empresas, pois trazem informações indispensáveis para o desenvolvimento de todas elas.

Abordaremos, neste artigo, especificamente a contabilidade gerencial. O objetivo é analisar as características, bem como a aplicação e os benefícios para as empresas.

É um tema extremamente interessante e relevante, tendo em vista sua grande importância na tomada de decisões dentro da atividade empresarial, coroada nos tempos atuais por sua imensa influência nos atos e direcionamentos dos gestores, que aplicam e se beneficiam deste imensurável instrumento de medição gerencial.

Contabilidade gerencial

É o instrumento eficaz para orientar e nortear a direção e a administração das empresas, em vários de seus processos decisórios, tais como redução de custos, aumento de lucratividade e rentabilidade, dentre outros, sendo o elemento fundamental para a realização de um planejamento estratégico.

A contabilidade gerencial tem como princípio básico fornecer informações precisas, detalhadas e de grande interesse a todos interessados na empresa.

Todo profissional contábil que atua na atividade deverá ter uma grande capacidade técnica para desenvolver trabalhos de contabilidade gerencial, sendo, portanto, altamente qualificado.

Ele terá a grande responsabilidade de apurar e apresentar, de forma clara, didática, objetiva e precisa, todas as informações pertinentes e possíveis para a tomada de decisões dentro da empresa.

A contabilidade gerencial utiliza e revisa as técnicas e os procedimentos contábeis de outras especialidades contábeis, que são realinhados e reestruturados de forma bem mais detalhada e específica, contendo dados e informações extremamente valiosos aos olhos do administrador.

No próximo artigo, continuaremos com este tema tão importante e valioso.

Marco Antonio Granado é empresário contábil, contador, bacharel em direito, pós-graduado em direito tributário e consultor tributário e contábil do SINFAC-SP – Sindicato das Sociedades de Fomento Mercantil Factoring do Estado de São Paulo.

Video institucional

Cursos EAD

Cursos e Eventos

Nenhum evento disponível.

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.