Artigos Contábeis - Tributários

CONHEÇA OS ASPECTOS DA DECLARAÇÃO DE INOCORRÊNCIA

A Declaração de Inocorrência deve ser enviada ao COAF até o próximo dia 31 janeiro, somente se as empresas obrigadas nã...

DOCUMENTOS INIDÔNEOS NO ENTENDIMENTO DO FISCO

A contabilidade deve registrar todos os atos e fatos ocorridos na empresa, apurando em seu balanço todas as influências financeiras dentro do conte...

QUE VENHA 2018

Neste ano de 2017 observamos muitas mudanças no âmbito tributário, contábil e trabalhista. Portanto, nosso objetivo foi informar, com...

ENCONTRAR UM BOM ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE É UM DESAFIO

Empresário bem informado tem muito mais espaço para atuar em busca do crescimento da empresa, e um dos caminhos para isso é encontrar um bo...

DESPESAS COM FESTAS DE FINAL DE ANO PODEM SER DEDUTÍVEIS OU...

As despesas com gastos exclusivos em festas e eventos de final de ano podem ser dedutíveis ou indedutíveis para a apuração de alguns...

RECEITA FEDERAL FECHA CADA VEZ MAIS O CERCO

A Instrução Normativa 1.761, da RFB, publicada em 20 de novembro de 2017, entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2018, cri...

BENS INTANGÍVEIS E SUA AMORTIZAÇÃO

A expressão “amortização”, em um contexto contábil, não é somente a redução de uma dí...

GUARDAR DOCUMENTOS AINDA É NECESSÁRIO

Além de basear-se no débito e no crédito, podemos afirmar que a contabilidade contempla um turbilhão de dados financeiros e tribut&a...

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E DISTRIBUIÇÃO DE LUCROS

A Lei nº 9.249/1995 trata de lucros e dividendos, apurados e calculados, com base nos resultados contábeis. De acordo com o artigo 10 desta legisla&...

LUCRO ARBITRADO NÃO É OPÇÃO, É DETERMINAÇÃO LEGAL

O lucro arbitrado é uma forma de apuração de tributos utilizada pela autoridade tributária ou pelo próprio contribuinte, desd...

PRINCÍPIOS CONTÁBEIS SÃO A BASE DA CONDUTA CONTÁBIL

Os princípios contábeis são a essência das normas ou condutas contábeis. Sua observância é obrigatória, ba...

PLANO DE CONTAS PARA AS FACTORINGS

O que é um plano de contas contábil? É a base, a espinha dorsal da contabilidade, um dos primeiros trabalhos a ser realizado pelo profissio...

ITG 1000 PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

A ITG 1000 é uma norma contábil aprovada pela Resolução CFC nº 1.418/2012, emitida pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC)...

IOF E SUA OBRIGATORIEDADE

Em toda operação de compra de crédito realizada pela factoring, conforme o Decreto nº 6.306/2007, incidirá o IOF,&nbs...

IMPOSTOS FEDERAIS RETIDOS: INEVITÁVEIS

IRRF, PIS, Cofins e CSLL são obrigatórios e têm procedimentos que devem ser seguidos à risca pelos contribuintes. IRRF Conforme...

COMO A EMPRESA DEVE CONTABILIZAR SUAS DUPLICATAS NEGOCIADAS/...

A negociação de duplicatas/títulos é uma operação financeira em que a empresa “vende” determinados t&iacut...

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DIGITAL É UMA REALIDADE SEM VOLTA

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) publicou no Diário Oficial da União (DOU) três Resoluções – nº 1.526, n&o...

SIMPLES NACIONAL MUDA A PARTIR DE 2018

O Simples Nacional 2018 terá mudanças substanciais que entram em vigor a partir de 1º de janeiro, conforme determinam a Lei Complementar n&or...

SECURITIZAÇÃO E SUA TRIBUTAÇÃO FEDERAL

As securitizadoras adquirem recebíveis com garantia imobiliária e os utilizam para lastrear a emissão de títulos imobiliários...

PERDAS DE CRÉDITOS E SUAS PARTICULARIDADES (PARTE 4)

Não é permitida a dedução como perdas de crédito, na apuração do lucro real, sobre as perdas no recebimento de...

PERDAS DE CRÉDITOS E SUAS PARTICULARIDADES (PARTE 3)

O registro contábil das perdas admitidas, nos limites e condições aceitos, será efetuado a débito na conta de resultado e a c...

PERDAS DE CRÉDITOS E SUAS PARTICULARIDADES (PARTE 2)

Importante saber que, para fins da apuração do resultado contábil e fiscal com base no lucro real todos os contratos inadimplidos até...

PERDAS DE CRÉDITOS E SUAS PARTICULARIDADES (PARTE 1)

Nossa legislação tributária vem se preocupando com este tópico, evoluindo e renovando conceito e formas de seus registros cont&aacut...

JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO (JCP)

Juros sobre o Capital Próprio (JCP) é uma das formas para distribuir lucros e dividendos aos sócios e acionistas das empresas, tanto para p...

AS DEBÊNTURES E O IMPOSTO DE RENDA

Por se caracterizar como um investimento de renda fixa, remunerada com juros prefixados ou pós-fixados, a debênture, no ato de sua alienaç&a...

ECF: UM GRANDE DESAFIO PARA AS EMPRESAS

A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) no Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) substituiu a Declaraç&at...

RECOMPRA: O QUE É E QUANDO É UTILIZADA

A solicitação de recompra, como o próprio nome diz, é um pedido feito pela empresa faturizada, solicitando a recompra de determinado...

SECURITIZADORAS, CUIDADO!

O Acórdão nº 10-39873, de 26 de julho de 2012, da Delegacia da Receita Federal do Brasil de Julgamento em Porto Alegre (RS), determinou como...

SECURITIZADORA E A NATUREZA DE SUAS ATIVIDADES

As securitizadoras de créditos se dividem em duas categorias – regulamentas e não regulamentadas. a) Regulamentadas - Imobiliár...

VANTAGENS E DESVANTAGENS DA SECURITIZAÇÃO

Na prática, a securitização é um agrupamento de vários títulos de ativos financeiros, tais como faturas emitidas e ain...

PARCELAMENTO ESPECIAL DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA

Nasce um novo parcelamento, o Programa Especial de Regularização Tributária (PERT), que receberá adesões de pessoas fí...

TÍTULOS DE CRÉDITO E SUA ALIENAÇÃO NO FACTORING

A alienação de títulos de crédito ocorre quando sua detentora (empresa-cliente) os transfere à factoring por meio de pagament...

TRATAMENTO CONTÁBIL NA OPERAÇÃO DE FATURIZAÇÃO

A faturização é o instrumento que serve para manter o fomento, principalmente, de pequenas e médias empresas. Ou seja, com a venda d...

ECF: OUTRA OBRIGAÇÃO ACESSÓRIA PARA JULHO

Em vigor desde 2015, a Escrituração Contábil Fiscal é uma obrigação acessória que substituiu a Declaraç&...

ECD: MUITAS MUDANÇAS EM 2017

Criada em 2008, a Escrituração Contábil Digital (ECD) traz as informações contábeis das pessoas jurídicas de fo...

O IOF NA SUA ESSÊNCIA

O IOF é um imposto federal e tem a função de ser um instrumento da política de crédito, câmbio, seguro e valores imobil...

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA TERMINA DIA 31 DE MAIO

A Medida Provisória nº 766, de 4 de janeiro de 2017, regulamentada pela Instrução Normativa RFB n° 1.687, de 31 de janeiro de 2017...

28 DE ABRIL, ÚLTIMO DIA PARA ENTREGAR O IMPOSTO DE RENDA

Este é o prazo derradeiro para acertar as contas com o Leão. Quem enviar o IR à Receita Federal após esta data, pagará multa...

DEBÊNTURES, UMA OPORTUNIDADE (PARTE FINAL)

Debêntures incentivadas são aquelas que possuem incentivos fiscais, como isenção de Imposto de Renda para a pessoa física, ent...

DEBÊNTURES: UMA OPORTUNIDADE (PARTE 3)

Ao emitir debêntures é obrigatório elaborar a "Escritura de Emissão". Nela estão especificados os direitos e os deve...

DEBÊNTURES: UMA OPORTUNIDADE (PARTE 2)

As debêntures também aparecem em diferentes espécies, cada qual para atender aos diferentes objetivos e situações da empresa....

DEBÊNTURES: UMA OPORTUNIDADE (PARTE 1)

Da língua inglesa deriva a expressão debênture, muito utilizada no Brasil e na América Latina, tendo como correspondente a express&at...

TERMO DE INTIMAÇÃO FISCAL DA RECEITA FEDERAL: COMO RESPONDER...

A Receita Federal está extremamente preparada, cruzando detalhadamente todas as informações financeiras, econômicas e operacionais da...

REGIME DE COMPETÊNCIA X REGIME DE CAIXA

A contabilidade sempre deverá ser regime de competência. O princípio da competência é um dos princípios fundamentais par...

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA TRAZ ALÍVIO A EMPRESAS...

Em razão da grande dificuldade pela qual passam as empresas e os contribuintes, arrochados por um severo quadro de recessão econômica e dese...

BLOCO K, CADA VEZ MAIS PRÓXIMO

A Receita Federal do Brasil desenvolve e implementa o Projeto Sped, iniciado em 2007, de forma muito simplista em suas operações e intenç&o...

DCTF: ESPIÃ DA RECEITA FEDERAL

A Instrução Normativa nº 1.110/2010, que trata das regras de apresentação da Declaração de Débitos e Cr&ea...

RETIFICAÇÃO DE DARF – REDARF FEDERAL

Conforme a IN SRF nº 672, de 30/08/2006 e a IN RFB nº 736, de 02/05/2007, um Darf ou Darf-Simples poderá ser retificado quando for cometido um...

RESTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS INDEVIDOS OU A MAIOR DE DARF OU GP...

Todo contribuinte, seja ele pessoa física ou jurídica, tem o direito de pedir restituição de tributos pagos – com Darfs ou GPS...

MUDANÇAS PARA AS EMPRESAS OPTANTES DO SIMPLES NACIONAL

Recentemente ocorreram várias mudanças em nossa legislação para as empresas que optam pelo regime de tributação federa...

RECEITA FEDERAL ANTECIPA O PRAZO DE ENTREGA DA DIRF 2017

A Receita Federal do Brasil antecipou neste ano o prazo de entrega da Dirf 2017 (ano-calendário 2016) para o próximo dia 15 de fevereiro. Tradicio...

FISCO APERTA O CERCO PARA AS EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES...

Cada vez mais o fisco está transformando as empresas optantes pelo Simples Nacional em nada “Simples”, agregando inúmeras obriga&ccedi...

REDUÇÃO DO CAPITAL SOCIAL

O artigo 1.082 do Código Civil diz que: "pode a sociedade reduzir o capital, mediante a correspondente modificação do contrato: I - de...

MÉTODO DA EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL EM COLIGADAS E CONTROLADA...

Continuando nosso tema da semana passada, passamos a esclarecer o Método da Equivalência Patrimonial em Coligadas e Controladas, quanto a particula...

FÉRIAS COLETIVAS

De acordo com o desenvolvimento das atividades durante o ano, muitos empregadores optam por conceder férias coletivas, normalmente aproveitando da &eacut...

COM 1.000 NOVAS AVECS ENCAMINHADAS PELO COAF, VEJA COMO ENFR...

O COAF divulgou ao mercado que, em outubro, enviou mais de 1.000 Avaliações Eletrônicas de Conformidade (AVEC) aos setores de fomento comerc...

REEMBOLSO DE DESPESAS NO FACTORING

Ainda é prática frequente, no fomento comercial, registrar como reembolso a cobrança de tarifas bancárias ou financeiras realizada d...

PERDAS DE CRÉDITO, IMPORTANTE SABER QUANDO LANÇAR

Ao apurar o Imposto de Renda (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) as pessoas jurídicas optantes pelo lucro re...

CONTROLE PATRIMONIAL DE SUA EMPRESA

Controlar contabilmente o valor patrimonial de sua empresa é obter informações corretas da situação financeira de forma detal...

SECURITIZADORA E SUA TRIBUTAÇÃO

A securitizadora de direitos creditórios capta e agrupa, no mercado, variados passivos financeiros: títulos de crédito – a maioria co...

FIDCS – PARTE FINAL

Atualmente observo que o mercado está se posicionando com forte tendência para a constituição destes fundos de recebíveis, poi...

FIDCS – PARTE 1

Operados com regulamento que determina política de investimento, forma de atuação, critérios de composição e diversifi...

SUA EMPRESA NA TEMPESTADE – FINAL

Não podemos jamais deixar de lembrar que “na crise é que surgem as maiores e melhores oportunidades de negócios e crescimento, basta...

SUA EMPRESA NA TEMPESTADE – PARTE 1

Em tempos como os de hoje, em que nos deparamos e convivemos não somente ao sabor da economia brasileira, mas de toda a conjuntura mundial, enormes e fre...

CONHEÇA SEMPRE A CONTABILIDADE

Complementando o artigo que publicamos na terça-feira (13/09), faço os últimos comentários sobre a minha participação...

NINGUÉM PODE PASSAR PELA VIDA SEM SE REINVENTAR

Estou participando do “20º Congresso de Brasileiro de Contabilidade”, que está sendo realizado na cidade de Fortaleza (CE), e tenho que...

IRPJ E CSLL NAS EMPRESAS DE FOMENTO COMERCIAL

Em decorrência da obrigatoriedade da opção da tributação federal pelo lucro real, as empresas de fomento comercial també...

OPERAÇÕES DE FOMENTO COMERCIAL SEM INCIDÊNCIA DE IOF

Não há incidência de IOF, exclusivamente quanto às operações de fomento comercial, quando realizadas com órg&ati...

IOF NAS OPERAÇÕES DE MÚTUO E SUA PRORROGAÇÃO

De acordo com o Decreto nº 6.306/2007, o fato gerador do IOF é o momento da entrega do valor que constitui o objeto da obrigação ao in...

SONEGAR É CRIME – PRINCIPAIS ATOS DE SONEGAÇÃO

É muito interessante comentar com vocês, que ao verificar e estudar algumas pesquisas que acompanham o grau de sonegação existente em...

O CONTROLE INTERNO NA EMPRESA É IMPRESCINDÍVEL

É muito importante ter um bom do controle interno em sua empresa, visto que se trata de uma ferramenta primordial, que nos assegura a credibilidade e a v...

COBRANÇA DE PIS E COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS CHEGARÁ...

Em julho de 2015, o PIS e a Cofins passaram a ser cobrados sobre as receitas financeiras das empresas, tributos que anteriormente tinham alíquota “...

CONTABILIDADE, NEGÓCIOS E SUCESSO ANDAM JUNTOS

Não veja a contabilidade como se fosse somente o manuseio desordenado de documentos financeiros de sua empresa, ou como uma burocracia desnecessár...

SPED ECF: PRAZO DE ENTREGA 29 DE JULHO

O prazo de envio da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) vence agora no próximo dia 29 de julho, devendo ser entregue por interm&eacut...

VOCÊ SABE QUANTO VALE SUA EMPRESA?

Vou compartilhar, neste artigo, o que aprendi e continuo aprendendo, ao passar por interessantes experiências, ao realizar trabalhos de consultoria empres...

RECEITA FEDERAL ESTÁ DE OLHO NAS REDES SOCIAIS

Frequente nas mais variadas redes sociais, a publicação de posts com pessoas “ostentando” fatos de sua vida pessoal, inclusive com &ld...

SONEGAÇÃO FISCAL É CRIME

A carga tributária brasileira é uma das mais altas do mundo, recaindo sobre a renda do trabalhador, a produção, a venda e a transfer...

OPERAÇÃO DE MÚTUO ENTRE PESSOA FÍSICA E PESSOA JURÍDICA

A operação de mútuo ocorre quando a pessoa jurídica necessita de recursos financeiros para o seu fluxo de caixa operacional, circuns...

ENTENDA UM POUCO SOBRE FUSÃO ENTRE EMPRESAS

Trata-se de uma operação onde se unem duas ou mais empresas para formar uma única nova companhia, integrando todos os patrimônios soc...

APLICABILIDADE E OBRIGATORIEDADE DA CONTABILIDADE

A contabilidade é a ciência que registra, interpreta e estuda os fenômenos que afetam o patrimônio de uma entidade, organizaç&at...

TRIBUTAÇÃO NA DOAÇÃO DE BENS E DIREITOS

Imposto federal (ganho de capital), conforme trata o artigo 39, inciso XV, do Regulamento do Imposto de Renda (RIR/99), o IR não incide sobre o valor dos...

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

Obrigação acessória que integra as informações contábeis e fiscais de um contribuinte no formato digital, enfatizando...

CUIDADO COM SALÁRIOS INDIRETOS OU “FRINGE BENEFITS”

Empresários e seus colaboradores da área financeira ainda têm muitas dúvidas sobre Imposto de Renda e o tratamento tributário...

MAIO, TEMPO DE ENTREGAR A ECD

Em 2016, a abrangência da Escrituração Contábil Digital (ECD) chega a quase todas as empresas. Somente estão dispensadas autom...

IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE

O art. 1.179 do Código Civil (Lei nº 10.406/2002) determina que “o empresário e a sociedade empresária são obrigados a se...

RAZÃO AUXILIAR DAS SUBCONTAS (RAS)

Item constante na Escrituração Contábil Digital (ECD), o RAS deve ser entregue até o dia 30 de novembro de 2016. As empresas obrigad...

CONTABILIDADE DE CUSTOS FAZ TODA DIFERENÇA PARA O SEU NEGÓCI...

Uma das regras para o bom empreendedor é conhecer os valores envolvidos na formação do preço final de um serviço ou produto....

ITG 1000 - PARA MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

A Interpretação Técnica Geral (ITG) 1000 é um modelo contábil para as microempresas e empresas de pequeno porte, aprovada pel...

CARACTERÍSTICAS E ATIVIDADES DO FOMENTO COMERCIAL

A sociedade de fomento comercial tem como foco principal atender pequenas e médias empresas, fomentando-as de modo a ajudá-las a solucionar proble...

GANHO DE CAPITAL: AGORA FICOU MAIS CARO

A presidente Dilma Rousseff, por intermédio de uma Medida Provisória, sancionou a majoração das alíquotas de referência...

IOF NA PRÁTICA

Qual é mesmo a base de cálculo para operações de IOF? O valor de face dos títulos simplesmente, ou o valor de face menos...

CHEGOU A HORA DE DECLARAR A DIRPF 2016

Mais uma vez chegou a hora de declarar o Imposto de Renda, e o apetite do “LEÃO DA RECEITA FEDERAL” continua VORAZ, nos surpreendendo, a...

QUEM ESTÁ OBRIGADO A DECLARAR O IRPF-2016

Começa hoje, 1º de março, e termina em 29 de abril, o prazo-limite para a entrega da Declaração de Ajuste Anual 2016, ano-calen...

IOF E SEU ADICIONAL NAS OPERAÇÕES DE FACTORING

Conforme o Decreto nº 6.306/2007 – Regulamento do IOF, em seu artigo 6º, as alíquotas do IOF dependem...

ENTENDA MELHOR A PRÁTICA DO LEASING

A Lei nº 12.973/2014 define a forma tributária para as despesas financeiras nas operações de arrendamento mercantil, para os bens m&oa...

OMITIR RECEITAS É EVASÃO FISCAL

A omissão de receitas é caracterizada por qualquer ato praticado por um contribuinte, que deixe de informar ao fisco municipal, estadual ou federa...

TRIBUTOS NO FACTORING

A legislação tributária brasileira é bem clara: as empresas de fomento comercial são obrigatoriamente enquadradas no lucro re...

IMPORTANTES MUDANÇAS NO ICMS

A Emenda Constitucional 87/2015 modificou radicalmente a competência para a cobrança do ICMS nas operações e prestações...

ALTA CARGA TRIBUTÁRIA BRASILEIRA OBRIGA CONTRIBUINTES A COMP...

Nosso país tem, atualmente, 92 tributos, entre impostos, contribuições de taxas e de melhoria, que pesam direta e indiretamente no bolso do...

FIQUE ATENTO ÀS DIVERSAS MUDANÇAS TRABALHISTAS PARA AS EMPRE...

Desde 2010 estamos sendo alertados para o novo Sped Fiscal, conhecido como eSocial, principal mudança prevista para este ano. De acordo com a Receita Fed...

ALGUMAS MUDANÇAS TRIBUTÁRIAS PARA 2016

Tenho observado continuamente que ao início de cada ano, mudanças tributárias são confeccionadas pelo fisco, gerando aos contribuint...

Video institucional

Fotos dos Eventos

Sobre o Sinfac-SP

O SINFAC-SP está localizado na
Rua Libero Badaró, 425 conj. 183, Centro, São Paulo, SP.
Atendemos de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.